Diversos atalhos para você usar as redes sociais de forma mais rápida [INFOGRÁFICO]


Se você é um dos mais de 1 bilhão de usuários da maior rede social do mundo, o Facebook, provavelmente deve passar um bom tempo bisbilhotando a vida dos seus amigos, publicando fotos, atualizando seu status ou até mesmo procurando o amor da sua vida.

E para facilitar a sua vida, a empresa de análises Quintly elaborou uma infográfico bem bacana com diversos atalhos para você usar as redes sociais de modo mais rápido e intenso. As dicas são para Facebook, Twitter, YouTube e Google Plus.

Por exemplo, se você quer mandar uma nova mensagem na rede de Zuckerberg, basta apertar ctrl + alt + m para quem tem Mac e alt + m para quem usa Windows. No YouTube, além do tradicional esc para fechar um vídeo maximizado, é possível apertar a letra F no decorrer do vídeo e maximizá-lo, sem a necessidade de ficar procurando pelo “quadradinho” para aumentar a tela.

Confiram essas e outras dicas no infográfico abaixo:

QuintlyShortcutsInfographic

 

Via: BlogMidia8.com

Anúncios

Estudo: 57% das empresas portuguesas cotadas sem página de Facebook


Barómetro de Reputação Online concluiu que presença nos meios digitais “é consideravelmente reduzida”.

As 50 maiores empresas cotadas em Portugal assumem uma presença «consideravelmente reduzida» nos principais espaços online, em comparação com os seus referentes internacionais. As conclusões são do 1º Barómetro de Reputação Online, uma iniciativa da Imago – Llorente & Cuenca apoiada pela Euronext Lisbon.

De facto, 57% das empresas não têm página oficial de Facebook, 24% têm um canal próprio no YouTube, e 73% ainda não integram o Twitter. O estudo analisou a presença das 50 maiores empresas cotadas na Euronext Lisbon e os seus gestores no ambiente da Web, em comparação a 40 referentes internacionais de sectores de actividade que vão desde as telecomunicações e tecnologias de informação aos media, energia, banca indústria, infra-estruturas e construção, distribuição automóvel e desporto, entre outras. Para a concretização do estudo, a Imago analisou a visibilidade e a notoriedade das empresas, de acordo com o volume e a qualidade das referências sobre estas entidades no Google, YouTube, Facebook e Twitter.

No ranking global das empresas analisadas, tanto a nível nacional como internacional, num total de 90 entidades, destacaram-se as SAD do Futebol Clube do Porto e do Sporting, posicionadas entre as 20 empresas com melhor reputação online.

Enquanto que 37% das empresas portuguesas se vêem atingidas por ameaças à reputação institucional no Google, no que respeita aos seus empresários esse valor cresce para os 55%.

Os gestores do sector media são os que se encontram sujeitos a uma maior exposição, sobretudo no Facebook e no Twitter, ainda que o seu índice de popularidade seja metade daquele que apresentam os seus referentes internacionais.

Se no caso das equipas de futebol é a marca que se impõe no que toca à visibilidade, no caso do sector de media são os gestores que gozam de uma maior presença, em alguns casos, tornando-se superiores às da empresa que representam.

O estudo surge inserido no Observatório de Reputação Online da Imago – Llorente & Cuenca, departamento que engloba o acompanhamento contínuo da reputação das principais empresas cotadas em Bolsa em Espanha, América Latina e agora também em Portugal.

Via Marketeer

Dúvida: O que é o Google +?


A Google finalmente anunciou a plataforma Google + num esforço para competir na área das redes sociais, a qual brevemente passará da fase de teste e estará disponível para todos.

Basicamente, o Google + é um conjunto de variados serviços que actualmente já utilizamos, mas (e segundo a Google) muito melhores. Brevemente poderemos efectuar uma análise se realmente tal se confirma, mas por enquanto fica aqui o que pode obter com o Google +:

Os circulos do Google +Os circulos do Google são agrupamentos de pessoas que pode organizar por tópicos: Amigos, Família, Colegas, Conhecidos, etc. Pode utilizar os tópicos já existentes ou criar um novo seu. Através da página dos circulos clica e arrasta os seus contactos para cada um destes grupos, o que torna fácil quando se quer partilhar informação.

Sparks (pesquisa de conteúdo)

O serviço “Sparks” é semelhante ao Google Reader, com a diferença que lhe traz conteúdo de forma automática baseado nos seus interesses. Cada tópico (ciclismo, moda, filmes, etc) tem a sua própria página “Spark” e providencia links relacionados com artigos, videos, fotos, informação essa que poderá partilhar com os seus circulos de contactos.

Hangouts

O serviço Hangouts é constituido por salas virtuais onde pode conversar através de video comos contactos nos seus circulos. Basicamente é um serviço de conversa por video em tempo real e permite por exº a visualização em conjunto de videos do Youtube.

Huddle

O serviço Huddles possibilita o envio de mensagens para grupos de pessoas dentro dos seus circulos. Existe uma aplicação disponível para Android através da qual se pode enviar mensagens através do telemóvel. Só necessita de seleccionar o grupo e todos dentro dele podem conversar uns com os outros.

Upload de fotos

Duma forma muito simples, quando tira uma foto com o seu telemóvel Android, pode ser feito o upload automático para o Google +.

Como é que se acessa ao Google +?

Em breve a barra cinzenta no topo da página que visualiza quando está ligado ao Google irá transformar-se numa barra cinza transparente a qual será o seu portal de acesso a todos os serviços mencionados anteriormente. Obviamente, terá de se registar e ter uma conta Google para aceder ao Google +, caso ainda não a tenha.

Google + versus Facebook?

O Google + está a ser lançado como a maior ameaça ao gigante Facebook. Mark Zuckerberg já se registou na redes social e em termos de “espaço de mercado online” a Google tem uma parcela muito maior do que tem o Facebook, portanto será interessante assistir a como o Google + se desenvolve nos seus primeiros meses.

O Google +, ao contrário do Facebook, permite customizar a sua página de acordo com as suas preferências, como notificações e definições de conta entre outras coisas. Por outro lado, o sucesso do Facebook reside nos seus milhares de aplicações (tarot, jogos como o Farmville, etc), algo que pelo menos no presente o Google + não oferece.

Alguns dos serviços do Google + como o Sparks e o Hangouts requerem ligações de alta velocidade à internet para funcionarem na perfeição, o que pode ser algo raro em alguns países, como na India por exº, o que limita a acessibilidade do Google +.

Outra curiosidade actual do Google + é que não fornece um serviço de pesquisas como o Facebook que utiliza o Bing. Algo estranho para uma empresa que é a lider de mercado nas pesquisas online.

Será interessante seguir os primeiros passos do Google + a partir do dia 31 de Julho quando ficará disponível para todos os utilizadores e ver o desenrolar do mesmo e consequentemente as inovações do próprio Facebook.

Fonte: Digital Marketing