Sobre o tempo…


Tempo é uma oportunidade igual para todos. Todos os seres humanos têm exatamente a mesma quantidade de horas e minutos todos os dias. Os ricos não conseguem comprar mais horas. Cientistas não conseguem inventar novos minutos. E você não pode guardar tempo para utilizá-lo um outro dia. Mesmo assim, o tempo é extremamente justo e generoso. Não importa quanto tempo se perdeu no passado, ainda temos um amanhã inteiro. O sucesso depende de usarmos com sabedoria — planejando e estabelecendo prioridades. O fato é que o tempo vale mais que dinheiro e ao se matar o tempo, estamos matando nossas chances de sucesso.

Denis Waitley
The Joy of Working

Anúncios

Isso é meu? Questione o pensamento popular. #FogonaPauta*


*Esse artigo foi escrito durante o treinamento Fogo na Pauta: gestão, operação e criação de conteúdo. Dinâmica facilitada pela grande Renata Checha.

Com certeza todos já ouvimos o dito popular “Maria vai com as outras”, certo? Mas o que torna alguém “Maria vai com as outras”? Segundo o Dicionário Informal estamos falando de pessoas sem personalidade, caráter ou opinião própria que sempre concordam em tudo com o que lhe falam, mesmo não sendo a favor.

É fácil me perder em um pensamento popular e fazer com que esse pensamento faça parte do meu “eu” e impere, até o ponto de defendê-lo vivamente em uma roda de discussão. Mas esse pensamento é meu? Concordo totalmente com ele? O que valorizo realmente no final das contas? A popularidade ou a causa?

Há uma falta irritante de pessoas impopulares, pois até aquelas que impopulares eram, se tornaram populares. E populares no sentido de se travestirem de algo que não são, ou pensam, apenas pela fome e sede de um aplauso ou de um palco.

Li em um livro que já não me lembro qual (mas que gostei tanto ao ponto de copiar esse trecho), a definição de um pensamento popular :
“O pensamento popular é…
Demasiado mediano para compreender o valor do bom pensamento;
Demasiado inflexível para ter consciência do impacto da mudança;
Demasiado preguiçoso para dominar o processo do pensamento intencional;
Demasiado pequeno para ver a sabedoria do pensamento global;
Demasiado conformado para liberar o potencial da concentração de pensamento;
Demasiado tradicional para descobrir a alegria do pensamento criativo;
Demasiado ingênuo para reconhecer a importância do pensamento realista;
Demasiado indisciplinado para divulgar o poder do pensamento estratégico;
Demasiado limitador para sentir a energia do pensamento da possibilidade;
Demasiado moderno para adotar as lições do pensamento do pensamento reflexivo;
Demasiado fútil para questionar a aceitação do pensamento popular;
Demasiado orgulhoso para encorajar a participação no pensamento partilhado;
Demasiado egocêntrico para experienciar a satisfação do pensamento altruísta;
Demasiado descomprometido para usufruir do retorno do pensamento de base.”

Outro tipo de pessoa que está em extinção é aquela que tem mais perguntas do que respostas. No fim de tudo o que sobra é a consciência do nada, pois o “tudo” que você aprendeu, na verdade não é nada, mas que poderá vir a ser alguma coisa, se durante essa caminhada você reconhecer que não é nada.

“Não sou uma máquina de respostas, sou uma máquina de perguntas. Se temos todas as respostas, como é possível estarmos na confusão em que nos encontramos?” -Douglas Cardinal

A popularidade vai de encontro com o bom pensamento e o bom pensador. Pensar bem dá trabalho e muito! E a sociedade do hoje e do agora, não quer trabalho. Exige facilidade e futilidade. É a geração do sucesso instantâneo… da cultura BBB, da aplicação mínima de energia possível para sobreviver.

É preciso ouvir a voz que grita em nosso subconsciente: “Esses pensamentos são de falsas esperanças!”, “Isso não é bom, não está certo!”, “Isso é besteira pura”!

Quer limitar seu sucesso (no melhor sentido da palavra)? Então adote o pensamento popular!

“A dificuldade não reside tanto no desenvolvimento de novas idéias, mas sim na forma como escapar às idéias velhas.” -John Keynes.

Alguns passos para questionar o pensamento popular:

  1. Valorize os pensamentos diferentes do seu (mas não se prostitua);
  2. Pense antes de agir e antes de seguir (simplesmente pense);
  3. Faça coisas novas de maneiras novas (sempre);
  4. E por fim, acostume-se com o desconfortável (não tanto para que não se torne confortável).

Grande abraço, bons pensamentos e boa revolução!

Fabrício Ottoni
@fottoni

15 coisas que você precisa abandonar para ser feliz


WE-HEART-IT_1

1. Desista da sua necessidade de estar sempre certo

Há tantos de nós que não podem suportar a ideia de estarem errados – querem ter sempre razão – mesmo correndo o risco de acabar com grandes relacionamentos ou causar estresse e dor, para nós e para os outros. E não vale a pena, mesmo. Sempre que você sentir essa necessidade “urgente” de começar uma briga sobre quem está certo e quem está errado, pergunte a si mesmo: “Eu prefiro estar certo ou ser gentil?” (Wayne Dyer) Que diferença fará? Seu ego é mesmo tão grande assim?

2. Desista da sua necessidade de controle

Estar disposto a abandonar a sua necessidade de estar sempre no controle de tudo o que acontece a você e ao seu redor – situações, eventos, pessoas, etc. Sendo eles entes queridos, colegas de trabalho ou apenas estranhos que você conheceu na rua – deixe que eles sejam. Deixe que tudo e todos sejam exatamente o que são e você verá como isso irá o fazer se sentir melhor.

“Ao abrir mão, tudo é feito. O mundo é ganho por quem se desapega, mas é necessário você tentar e tentar. O mundo está além da vitória.” Lao Tzu

3. Pare de culpar os outros

Desista desse desejo de culpar as outras pessoas pelo que você tem ou não, pelo que você sente ou deixa de sentir. Pare de abrir mão do seu poder e comece a se responsabilizar pela sua vida.

4. Abandone as conversinhas auto-destrutivas

Quantas pessoas estão se machucando por causa da sua mentalidade negativa, poluída e repetidamente derrotista? Não acredite em tudo o que a sua mente está te dizendo – especialmente, se é algo pessimista. Você é melhor do que isso.

“A mente é um instrumento soberbo, se usado corretamente. Usado de forma errada, contudo, torna-se muito destrutiva.” Eckhart Tolle

5. Deixe de lado as crenças limitadoras sobre quem você pode ou não ser, sobre o que é possível e o que é impossível. De agora em diante, não está mais permitido deixar que as suas crenças restritivas te deixem empacado no lugar errado. Abra as asas e voe!

“Uma crença não é uma ideia realizada pela mente, é uma ideia que segura a mente.” Elly Roselle

6. Pare de reclamar

Desista da sua necessidade constante de reclamar daquelas várias, várias, váaaarias coisas – pessoas, momentos, situações que te deixam infeliz ou depressivo. Ninguém pode te deixar infeliz, nenhuma situação pode te deixar triste ou na pior, a não ser que você permita. Não é a situação que libera esses sentimentos em você, mas como você escolhe encará-la. Nunca subestime o poder do pensamento positivo.

7. Esqueça o luxo de criticar

Desista do hábito de criticar coisas, eventos ou pessoas que são diferentes de você. Nós somos todos diferentes e, ainda assim, somos todos iguais. Todos nós queremos ser felizes, queremos amar e ser amados e ser sempre entendidos. Nós todos queremos algo e algo é desejado por todos nós.

8. Desista da sua necessidade de impressionar os outros

Pare de tentar tanto ser algo que você não é só para que os outros gostem de você. Não funciona dessa maneira. No momento em que você pára de tentar com tanto afinco ser algo que você não é, no instante em que você tira todas as máscaras e aceita quem realmente é, vai descobrir que as pessoas serão atraídas por você – sem esforço algum.

9. Abra mão da sua resistência à mudança

Mudar é bom. Mudar é o que vai te ajudar a ir de A a B. Mudar vai melhorar a sua vida e também as vidas de quem vive ao seu redor. Siga a sua felicidade, abrace a mudança – não resista a ela.

“Siga a sua felicidade e o mundo abrirá portas para você onde antes só havia paredes” Joseph Campbell

10. Esqueça os rótulos

Pare de rotular aquelas pessoas, coisas e situações que você não entende como se fossem esquisitas ou diferentes e tente abrir a sua mente, pouco a pouco. Mentes só funcionam quando abertas.

“A mais extrema forma da ignorância é quando você rejeita algo sobre o que você não sabe nada” Wayne Dyer

11. Abandone os seus medos

Medo é só uma ilusão, não existe – você que inventou. Está tudo em sua cabeça. Corrija o seu interior e, no exterior, as coisas vão se encaixar.

“A única coisa de que você deve ter medo é do próprio medo” Franklin D. Roosevelt

12. Desista de suas desculpas

Mande que arrumem as malas e diga que estão demitidas. Você não precisa mais delas. Muitas vezes nos limitamos por causa das muitas desculpas que usamos. Ao invés de crescer e trabalhar para melhorar a nós mesmos e nossas vidas, ficamos presos, mentindo para nós mesmos, usando todo tipo de desculpas – desculpas que, 99,9% das vezes, não são nem reais.

13. Deixe o passado no passado

Eu sei, eu sei. É difícil. Especialmente quando o passado parece bem melhor do que o presente e o futuro parece tão assustador, mas você tem que levar em consideração o fato de que o presente é tudo que você tem e tudo o que você vai ter. O passado que você está desejando – o passado com o qual você agora sonha – foi ignorado por você quando era presente. Pare de se iludir. Esteja presente em tudo que você faz e aproveite a vida. Afinal, a vida é uma viagem e não um destino. Enxergue o futuro com clareza, prepare-se, mas sempre esteja presente no agora.

14. Desapegue do apego

Este é um conceito que, para a maioria de nós é bem difícil de entender. E eu tenho que confessar que para mim também era – ainda é -, mas não é algo impossível. Você melhora a cada dia com tempo e prática. No momento em que você se desapegar de todas as coisas, (e isso não significa desistir do seu amor por elas – afinal, o amor e o apego não têm nada a ver um com o outro; o apego vem de um lugar de medo, enquanto o amor… bem, o verdadeiro amor é puro, gentil e altruísta, onde há amor não pode haver medo e, por causa disso, o apego e o amor não podem coexistir), você irá se acalmar e se virá a se tornar tolerante, amável e sereno… Você vai alcançar um estado que te permita compreender todas as coisas, sem sequer tentar. Um estado além das palavras.

15. Pare de viver a sua vida segundo as expectativas das outras pessoas

Pessoas demais estão vivendo uma vida que não é delas. Elas vivem suas vidas de acordo com o que outras pessoas pensam que é o melhor para elas, elas vivem as próprias vidas de acordo com o que os pais pensam que é o melhor para elas, ou o que seus amigos, inimigos, professores, o governo e até a mídia pensa que é o melhor para elas. Elas ignoram suas vozes interiores, suas intuições. Estão tão ocupadas agradando todo mundo, vivendo as suas expectativas, que perdem o controle das próprias vidas. Isso faz com que esqueçam o que as faz feliz, o que elas querem e o que precisam – e, um dia, esquecem também delas mesmas. Você tem a sua vida – essa vida agora – você deve vivê-la, dominá-la e, especialmente, não deixar que as opiniões dos outros te distraiam do seu caminho.

Fonte: Guia Ingresse

Sucesso e ARREBENTA!

@fottoni

Gentileza gera gentileza


insp_630Um sorriso, um toque, uma palavra de conforto ou até mesmo o menor gesto pode iluminar um dia escuro ou apagar um fardo pesado. A organização americana Life Vest Inside sem fins lucrativos criou um vídeo dedicado a espalhar bondade para ajudar as pessoas a encontrarem os seus potenciais e a autoestima.

Apesar de ser difícil perceber que ainda existam valores, como por exemplo, a ética na formação do caráter nos dias atuais, ainda assim há algumas razões para continuarmos acreditando num mundo melhor. O movimento busca mostrar que um pequeno gesto de generosidade pode transformar a vida de outras pessoas e isso retorna para você.

Entretanto trata-se, sobretudo do desejo de contribuir com um mundo mais humano, pois para se tornar uma pessoa mais gentil, é preciso que cada um faça uma reflexão consigo mesmo sobre o exemplo que queremos passar adiante. Como diria o Mahatma Gandhi: “Seja a mudança que você quer ver no mundo“.

Gentileza gera gentileza!

Fonte

Sucesso e ARREBENTA!

@fottoni

Professor de Filosofia fala sobre Valor e Amor [Vídeo]


Professor Clóvis de Barros fala sobre Valor e Amor no pensamento de Jesus Cristo.

Eu assisti uma entrevista do professor no Jô Soares e fiquei extasiado. Fiz questão então de postar esse vídeo também aqui no blog pois tem igual relevência. Mas se quiser assistir a tal entrevista no Jô é só clicar AQUI.

Sucesso e ARREBENTA!

@fottoni

CEO na @iBasicDigital

Monitorar hábitos para alcançar suas metas


shutterstock_124000780-660x440Para alcançar nossos sonhos, é sabido que precisamos ter metas. Metas de vida, metas profissionais. E quando se pensa nesse assunto, o primeiro item que vem à cabeça é o estabelecimento de um plano de ação. Como vou chegar lá, de que maneira, que recursos vou precisar, em que prazo, costuma ser o pontapé inicial quando se pensa em alcançar objetivos. No entanto, um dos caminhos mais interessantes, que tenho utilizado com muitos clientes e no meu dia a dia de coach, é o monitoramento de hábitos, de competências comportamentais.

O que se percebe é que ao estabelecer a meta, identifica-se uma série de freios que impedem as pessoas de chegarem onde querem. São comportamentos novos, que se precisa adquirir. São exemplos, disciplina, coragem, ousadia, iniciativa, capacidade de dar feedback, paciência, resiliência, entre tantos outros. Cada indivíduo, por sua trajetória, é impactado por diferentes amarras, que só serão soltas quando novos hábitos forem incorporados.

Mas como desenvolver esses novos hábitos? Uma técnica que tem total aprovação e resultado é a seguinte. Em qualquer meio, seja uma folha de papel, uma planilha no computador, mesmo um pedaço de papel de pão – para ser simples – vá escrevendo os novos hábitos que você precisa adotar para alcançar suas metas. Vamos tomar como exemplo um gerente de vendas. Para alcançar determinado faturamento, ele estabelece no plano de ação que ele precisa conhecer o mercado, contratar novos representantes para determinadas áreas, melhorar o feedback, entre outros. Mas internamente ele percebe que falta ousadia para conquistar novos clientes, coragem para dar feedback, paciência para recrutar vendedores, etc.

Listar estas capacidades a serem desenvolvidas, e, diariamente, olhar para elas e atribuir uma nota de 0 a 10 de qual foi o seu nível de satisfação naquele dia faz com que seja acionado no nosso cérebro o conceito de referência. Não importa a nota em si, e sim que ao atribuí-la, inconscientemente, você pensa no 10. E você, mesmo sem se dar conta, vai criar uma imagem daquele ideal, de você se comportando daquela maneira, seja com paciência, com coragem, com organização.  Automaticamente a sua cabeça começa a criar maneiras de como você vai chegar lá.

É simples assim. Tudo na vida começa com uma imagem mental, na cabeça de alguém. E qualquer mudança começa com você criando uma imagem de como você quer ser no futuro. Esse monitoramento de comportamentos vai te dar consciência, você vai resgatando o significado do que você está fazendo e as mudanças vão acontecendo.

cap3_me_pic2Experimente. Monitorar nossas competências comportamentais faz com que nossas metas sejam alcançadas de maneira mais eficiente, conscientemente e com presença total do que se está fazendo.

Via E-zine da Revista Liderança

Sucesso e ARRASA!

@fottoni

CEO @iBasicDigital

Generosidade é a melhor forma de comunicação


Em 4 dias, quase dois milhões e meio de visitas! Viral do mês na Ásia é um comercial da operadora de celular tailandesa True Move.

Em três minutos, uma bela história é contada.

Um menino é pego roubando remédios para a mãe doente. O dono de um pequeno restaurante livra o menino da polícia ao pagar pelos remédios e ainda lhe oferece comida.

Trinta anos se passam. O dono do restaurante tem um derrame e precisa ser operado de emergência. A família não tem o dinheiro e coloca o restaurante à venda. De maneira inesperada, a cirurgia é feita e a conta paga.

O menino havia crescido e se tornou neurologista. Em uma carta avisa: sua conta foi paga 30 anos atrás, com 3 cartelas de remédio e um prato de sopa.

No final, a mensagem: Generosidade é a melhor forma de comunicação.

OBS: Nenhum aparelho de celular aparece em cena.

Via Pavablog, recebido através da sua Pavazine singular.mente.plural

Sucesso e ARREBENTA

@fottoni

Nunca pare de mudar


06-15gates_lg

Barbara Walters estava entrevistando o bilionário Bill Gates e lhe perguntou: “Agora que você é o homem mais rico do mundo e pode desejar qualquer coisa que quiser, o que mais você poderia desejar?”

Gates respondeu: “Nunca parar de mudar. Qualquer coisa que eu faça hoje, amanhã será considerado história. Eu preciso ter certeza de nunca parar de criar e de que eu estou sempre mudando.”

Sucesso e ARREBENTA!

@fottoni

O poder do amor


 

Meu linda, forte, meiga, sábia, cheirosa e gostosa“Às vezes os dias são tão parecidos… Só estava deixando esse dia INESQUECÍVEL!”

Fiquei maravilhado quando vi essa tirinha lá no Mentirinhas. Faz 6 anos que vivo isso, não só com a “dança da foca maluca”, mas também com o “macaco doidão”, “a dança do David”, “o ballet da Aninha” e por aí vai. Nada melhor do que um toque de anjo para tornar o dia inesquecível. #VidaBoadePai

tao_parecidosOK

 

Via Mentirinhas :)

Gratidão [Salmo 100]


GRATIDÃO Março 2013

“Cantem hinos a Deus, o Senhor, todos os moradores da terra! Adorem o Senhor com alegria e venham cantando até a sua presença. Lembrem que o Senhor é Deus. Ele nos fez e nós somos Dele; somos o seu povo, o seu rebanho. Entrem pelos portões do Templo com ações de graças, entrem nos seus pátios com louvor. Louvem a Deus e sejam agradecidos a Ele. Pois o Senhor é bom; o seu amor dura para sempre, e a sua fidelidade não tem fim.” Salmos 100