Diversos atalhos para você usar as redes sociais de forma mais rápida [INFOGRÁFICO]


Se você é um dos mais de 1 bilhão de usuários da maior rede social do mundo, o Facebook, provavelmente deve passar um bom tempo bisbilhotando a vida dos seus amigos, publicando fotos, atualizando seu status ou até mesmo procurando o amor da sua vida.

E para facilitar a sua vida, a empresa de análises Quintly elaborou uma infográfico bem bacana com diversos atalhos para você usar as redes sociais de modo mais rápido e intenso. As dicas são para Facebook, Twitter, YouTube e Google Plus.

Por exemplo, se você quer mandar uma nova mensagem na rede de Zuckerberg, basta apertar ctrl + alt + m para quem tem Mac e alt + m para quem usa Windows. No YouTube, além do tradicional esc para fechar um vídeo maximizado, é possível apertar a letra F no decorrer do vídeo e maximizá-lo, sem a necessidade de ficar procurando pelo “quadradinho” para aumentar a tela.

Confiram essas e outras dicas no infográfico abaixo:

QuintlyShortcutsInfographic

 

Via: BlogMidia8.com

Anúncios

Estudo: 57% das empresas portuguesas cotadas sem página de Facebook


Barómetro de Reputação Online concluiu que presença nos meios digitais “é consideravelmente reduzida”.

As 50 maiores empresas cotadas em Portugal assumem uma presença «consideravelmente reduzida» nos principais espaços online, em comparação com os seus referentes internacionais. As conclusões são do 1º Barómetro de Reputação Online, uma iniciativa da Imago – Llorente & Cuenca apoiada pela Euronext Lisbon.

De facto, 57% das empresas não têm página oficial de Facebook, 24% têm um canal próprio no YouTube, e 73% ainda não integram o Twitter. O estudo analisou a presença das 50 maiores empresas cotadas na Euronext Lisbon e os seus gestores no ambiente da Web, em comparação a 40 referentes internacionais de sectores de actividade que vão desde as telecomunicações e tecnologias de informação aos media, energia, banca indústria, infra-estruturas e construção, distribuição automóvel e desporto, entre outras. Para a concretização do estudo, a Imago analisou a visibilidade e a notoriedade das empresas, de acordo com o volume e a qualidade das referências sobre estas entidades no Google, YouTube, Facebook e Twitter.

No ranking global das empresas analisadas, tanto a nível nacional como internacional, num total de 90 entidades, destacaram-se as SAD do Futebol Clube do Porto e do Sporting, posicionadas entre as 20 empresas com melhor reputação online.

Enquanto que 37% das empresas portuguesas se vêem atingidas por ameaças à reputação institucional no Google, no que respeita aos seus empresários esse valor cresce para os 55%.

Os gestores do sector media são os que se encontram sujeitos a uma maior exposição, sobretudo no Facebook e no Twitter, ainda que o seu índice de popularidade seja metade daquele que apresentam os seus referentes internacionais.

Se no caso das equipas de futebol é a marca que se impõe no que toca à visibilidade, no caso do sector de media são os gestores que gozam de uma maior presença, em alguns casos, tornando-se superiores às da empresa que representam.

O estudo surge inserido no Observatório de Reputação Online da Imago – Llorente & Cuenca, departamento que engloba o acompanhamento contínuo da reputação das principais empresas cotadas em Bolsa em Espanha, América Latina e agora também em Portugal.

Via Marketeer